Incontinência Urinária Masculina

O que é?

A incontinência urinária masculina é a perda involuntária de urina, consequência comum após cirurgia de próstata, principalmente após sua retirada (prostatectomia). A ocorrência varia de 5% a 60% dependendo do tipo de incontinência, e afeta entre 30% a 50% dos homens de 3 semanas a 6 meses após esse tipo de cirurgia. A incontinência especialmente no começo da recuperação é de difícil aceitação por todos os pacientes.

Fatores de risco

Dentre os fatores de risco que podem aumentar a possibilidade de incontinência urinária após cirurgia radical de retirada da próstata estão:
          • Cirurgia prévia de ressecção transuretral da próstata
          • Idade avançada
          • Maior avanço clínico e patológico de estágio do tumor da próstata.

Principais disfunções e sensações urinárias

Incontinência Urinária de Esforço:
      Perda involuntária de urina ao esforço ou ao esforço físico (ex: atividades esportivas), ao espirrar ou tossir.

Incontinência Urinária de Urgência:
       Perda involuntária de urina associada à urgência (desejo súbito, repentino e urgente de urinar, que é difícil de adiar).

Incontinência Urinária Mista:
        Perda involuntária de urina associada com urgência e também ao esforço ou esforço físico, ao tossir ou espirrar.

Incontinência Urinária Insensível:
            Perda urinária sem que a pessoa tenha tido consciência de como isso ocorreu.

Síndrome da Bexiga Hiperativa:
           Urgência de urinar associada à frequência aumentada (ir mais de sete vezes ao banheiro por dia para urinar) e interrupção do sono uma ou mais vezes.